sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Reconciliação

Ei, tira o sapato

senta aqui do meu lado

vem cá

tou afim de um papo

bem regado

vai, toma um Martini gelado

Tantas noites em claro

desta vez eu destravo

acabo com o amargo

que não leva a nada

cavo e descavo tudo

o que de lindo temos no passado

Mudei de atitude,

acredita

amor que já foi obsessão

amor que se nutriu de escuridão

amor que chegou a devoção.

Não!

isso tá mais é parecendo

um boleirão

sem essa coisa chata

de discutir relação

afinal, o que passou já passou

teve lá sua razão

Estou decidida

vou virar a página

e esquecer a traição

afinal, ela foi morar no Japão

e eu estou bem aqui

vivinha da silva

tinindo

vem, se faz de meu gato

de novo

só você me faz ronronar.


(*) Vai bem ouvindo a canção "A Idade do Céu", de Paulinho Moska com ele mesmo. Clique aqui

7 comentários:

Petê disse...

Laurinha, adorei o peito aberto e a vontade de "do it right". Além do mais, amo Paulinho Moska, essa música cai muito bem sempre.

Beijos

Anônimo disse...

caraca, minha linda, andei pensando sobre isso... muita sincronicidade cair aqui neste belo poema... não é fácil perdoar e seguir amando, mas é lindo e é o venho tentando colocar em prática nessa minha nova vida... você é tudo, viu? fonte de inspiração! beijos mil, tua fã, Erika Riedel

Vladimir Golombek disse...

lindissimo, salvou o dia...

Achados&Perdidos disse...

Oi, Laura.
Desculpa pela falta de notícias. Uma correira com o design gráfico, rs.
Adorei o seu blog. Parabéns!
Voltarei sempre.
Obs:Tô de olho em aptos. Já encontrou?
Bjs,
Tereza

Compulsão Diária disse...

Oxenta. cadêo comentário que eu botei aqui ontem?
Laura,´tá onde? Ronronando, lindeza?

Laura Fuentes disse...

Oi Cumpulsão, acho que ele foi parar no "Desumano" tráveiz...rs De qualquer forma, adorei...

Marco Antonio disse...

Laura!

A vagabundagem era tanta que nem comentário estava fazendo!
Delícia de poema!