terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Coração agalopado


Final de ano e a cidade ganha cor de vermelho, verde, prata, ouro e urgência. Sacolas guardando carinhos, pacotes prometendo abraços, fitas desenhando laços e amores, gente se prometendo mudanças. Arquitetagem de sonhos. Ninguém parece ligar para as filas, as listas, o congestionamento, os pedintes, o cansaço da balconista, a fúria do manobrista. Um novo ano virá e, com ele, os planos a realizar: pintar a casa, trocar o carro, mudar de bairro, voltar a estudar, emagrecer, perdoar, viajar, parar de fumar, mandar o chefe praquele lugar. E em doses cavalares beijar, amar, trepar com urro, a pele amaciar e o peito destravar.

Vésperas do Natal, noite alta, corpo esparramado no sofá, o pé com bolhas após um dia de compras, toca o celular. Do outro lado, uma voz velha conhecida mas há muito distante. E aí, como vai? Viva o Orkut, finalmente nos achamos de novo. E as palavras jorram, se atropelam e se enovelam. Tanto pra falar, tantos acontecimentos desde então. Saudade braba, ninguém disfarça. Coração agalopado, o pensamento voa veloz rumo a um tempo sem tempo, um parêntesis blindando uma história guardada no arquivo das lembranças eternas. Impossível não delirar e desejar lá no fundo: será que agora vai ser diferente?

7 comentários:

Petê disse...

Uma vez me disseram que os chineses acreditam que a oportunidade é uma mulher com franja, mas careca na parte de trás da cabeça. Deve pegá-la quando vem de frente, pois quando vai ninguém pega. Aproveite que ela está voltando, pegue de frente e não largue mais.

Beijos Laura, um Natal fantástico e um Ano Novo repleto de letras.

Deise disse...

Hummm, Très jolie.
Sentimentos que inundam nossa alma,e as vezes nem sabemos nomeá-los, ou até contê-los não é...
Pois, essa saudade dá para matá-la, o pior são as que podemos apenas sentí-la.
Desejo um Natal feliz e lindo pra vc... e que seja doce...
bjão

Mônica Santos disse...

Há de ser diferente e com muito, mas muito prazer. Feliz Ano Novo Laura, Beijos!

Gaby Almeida disse...

vai ser diferente... depende apenas de vc... agir de forma diferente tem o poder de transformar tudo a nossa volta....

Fernanda Teixeira disse...

Oi querida, mais uma vez para dizer que adoro seu blog. Feliz ao novo. Beijo da fê

NetDaniels disse...

Solucionei um barulho infernal que os carros causavam quando entravam na garagem do meu prédio.
Usei umas tiras câmara de ar de borracha para amortecer, uma tela de ferro que fazia o barulho.
Os porteiros me disseram que os outros moradores ficaram muito agradecidos, pois o barulho já ocorria havia mais de 5 anos (estou lá há 5 meses).
O ano dos moradores do prédio começou bem.
Para eles, sorte.
Para mim, o mérito é das tiras de borracha.
Feliz 2009!

Marco Antonio disse...

Ano Novo no novo ano??? Pode ser! Nós é que determinamos as novidades, quando e se quisermos. Se buscarmos as mudançar teremos Ano Novo!
Um 2009 de muita inspiração e realização de sonhos.