quarta-feira, 7 de maio de 2008

Citando a grande escritora

Hoje reflito sobre o prazer, e busco inspiração nos mestres. Aqui, um trabalho da poeta portuguesa Maria Tereza Horta, que estes dias está em São Paulo em palestras.

GOZO IX

Ondula mansamente a tua lingua
de saliva tirando
toda a roupa...

já breves vêm os dias
dentro de noites já
poucas.

Que resta do nosso
gozo
se parares de me beijar?

Oh meu amor...
devagar...
até que eu fique louca!

Depois... não vejas o mar
afogado em minha
boca!

PS: Obrigada, Lucinda por ter me enviado essa preciosidade.




4 comentários:

Renato Torelli disse...

Gozo IX?
Agora fiquei curioso para ler Gozo VIII, Gozo VII, IV e por aí vai. A mulher não é fraca não.

Laura Fuentes disse...

Por isso ela é minha "ídola", Renato...rsrs

Sady Folch disse...

Qué qué iiissso gente !!! essa história de mar afogado...socorre a mulher gente !! Ou melhor, não socorre não que ela pode não gostar...deixa afogar... afoga mesmo minha filha!!
Oh gente escritora, isso é que é balanço!!!
Sady

Lu Faria dos Anjos disse...

Sempre que eu tiver algo que possa ajudar a enriquecer seu repertório, mandarei, imediatamente, sem sombra de dúvidas. E seguir os passos de Maria Tereza é com certeza, pisar em terreno dourado. Se lá na frente, precisares de alguém para limpar seus sapatos...estarei aqui! rsrsrsrs